Erosão: Quais as principais causas e quem são os responsáveis?

Todos sabemos o que é erosão mas vamos deixar um pouco mais claro que são os causadores e algumas dicas de como evitá-las.

A erosão é um processo de deslocamento de terra ou de rochas de uma superfície e pode ocorrer por ação de fenômenos naturais ou do fenômenos antropogênicos (causados pelo homem).

A Erosão e suas causas

A principal causa natural é a água!

No que se refere às ações da natureza, podemos citar as chuvas como a principal causadora. Ao atingir o solo, em grande quantidade, provoca deslizamentos, infiltrações e mudanças na consistência do terreno. Desta forma, provoca o deslocamento de terra.

O vento e a mudança de temperatura também são causadores importantes da erosão.

Nos países onde existem vulcões, quando um entra em erupção quase sempre ocorre um processo de erosão, pois a quantidade de terra e rochas deslocadas é grande.

A mudança na composição química do solo também pode provocar a erosão, pois perdemos a grande diversidade biológica que existe no solo, que é fundamental para que o solo se agregue e mantenha-se firme.

A principal causa artificial é a intervenção humana na alteração do solo

O ser humano geralmente é o mais importante agente provocador das erosões. Ao retirar a cobertura vegetal de um solo, este perde sua consistência, pois a água, que antes era absorvida pelas raízes das árvores e plantas, passa a correr sobre o solo. Esta água em velocidade causa a instabilidade e consequente erosão do solo.

Atividades de mineração, de forma desordenada, também podem provocar erosão. Ao retirar uma grande quantidade de terra de uma jazida de minério, os solos próximos podem perder sua estrutura de sustentação, por isso, quando você for comprar algum mineral, como areia, saibro, sempre consulte o licenciamento ambiental do extrator deste precioso recurso.

Nas cidades, a urbanização é um fator de grande degradação, pois a conversão de uso do solo em zonas urbanas, impermeabiliza o solo com a colocação de ruas, telhados e áreas impermeabilizadas.

Em Sorocaba, o Plano Diretor (Lei que define como deve ser o uso do solo no município) prevê que pele menos 20% das áreas dos terrenos sejam permeáveis, ou seja, cobertas com jardins, que permitem a infiltração de água no solo, alimentando nossos lençóis freáticos (tema para um outro post!).

Prejuízos à humanidade

A erosão tem provocado vários problemas para o ser humano. Constantemente, ocorrem deslizamentos de terra em regiões habitadas, principalmente em regiões carentes, provocando o soterramento de casas e mortes de pessoas.

Os prejuízos econômicos também são significativos, pois é comum as erosões provocarem fechamento de rodovias, ferrovias e outras vias de transporte.

A erosão causa a perda da fertilidade do solo, tornando áreas agricultáveis em áreas estéreis.

Formas de evitar

  • Não retirar a cobertura vegetal dos solos. Plante árvores!
  • Planejar qualquer tipo de construção (rodovias, prédios, túneis, etc) para que não ocorra, no momento ou futuramente, o deslocamento de terra;
  • Monitorar as mudanças que ocorrem no solo;
  • Realizar o reflorestamento de áreas abertas, principalmente em regiões próximas à rios, lagos e nascentes.
  • Não impermeabilize seu quintal! Mantenha um bom gramado e um lindo jardim!
  • No seu condomínio ou loteamento, acompanhe frequentemente as saídas da drenagem urbana, que geralmente ocorre nas matas. Quanto maior o volume e velocidade que a agua chega, maior a possibilidade de impactar as matas e áreas naturais.

 

Fonte: Sua Pesquisa

1 comentário

  1. Pingback: Jardinagem em condomínio: 7 dicas para cuidar bem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *